Munguzá (canjica doce)

Munguzá ou manguzá (do quimbundo mu’kunza, milho cozido) é uma comida doce feita de grãos de milho desolhados (tirado no pilão a parte do amido que fica em uma das extremidades), cozidos em caldo açucarado – por vezes com com leite de coco ou de vaca – e polvilhados com canela. Faz parte da culinária nordestina, principalmente de Pernambuco, e é encontrado o ano todo, diferente de outras receitas de milho mais comuns no período junino. No sudeste é chamado de canjica ou canjicão. Encontra-se hoje nos supermercados grãos industrializados, mais quebrados, e de milho branco ou amarelo – mas antigamente se fazia no pilão o desolhamento, o que garantia um grão maior, perfeito. Lembro bem de Dona Maria, quando eu era criança em Caruaru, que passava toda manhã pelas ruas do meu bairro com seu caldeirão, vendendo Munguzá de porta em porta, cantando: Munguzá olha! Olha o manguzá!

Ingredientes (4 a 5 porções):
. 250g de milho pra munguzá do branco ou do amarelo (milho pra canjica)
. 500ml de leite
. 2 litros de água
. 200g de coco ralado ou 200ml de leite de coco
. 200g de acúcar
. 2 pauzinhos de canela
. 6 cravos da índia
. 1 colher de chá de erva-doce
. 1 gaze ou paninho pra fazer o sachê das especiarias
. 1 pitada de sal

Modo de preparo:

1. Deixe o milho de molho em água por 8 a 12 horas. Escorra a água e coloque na panela com 2 litros de água e uma pitada de sal. Cozinhe por umas 2 horas (na panela de pressão é mais rápido, leva uns 50 minutos).

2. Coloque na gaze ou no paninho os cravos e a erva-doce, e amarre fazendo uma trouxinha. Reserve. Rale o coco e reserve (ver dica no fim da receita).

3. Quando estiver cozinhado o milho, junte o açúcar, a canela, a trouxinha de especiarias, o coco (ou leite de coco), o leite de vaca e leve ao fogo para cozinhar até engrossar um pouco (uns 30 minutos a mais). Vá mexendo sempre para não grudar no fundo da panela. Prove e ajuste o açúcar, se necessário. Retire os paus de canela e a trouxinha de especiarias. Sirva quente ou gelado, polvilhado com canela em pó. Uma observação: tem pessoas que gostam do munguzá com mais caldo – neste caso, adicione mais leite.

Dica: se você não tiver o ralador de coco, use uma faca pra tirar os pedaços do coco (introduza a ponta da faca entre a polpa e a casca pra soltar os pedaços, retire a parte marrom que fica na polpa e bata no liquidificador – na tecla pulsar – ou no processador).
(Ver foto abaixo)

Anúncios