Figo da Índia (Fruta de Palma)

O figo-da-índia é o fruto de uma espécie de cacto nativo das regiões desérticas do México. No início do século 17, a planta foi trazida para o Brasil pelo rei de Portugal, d. João VI, e sua grande capacidade de acumular água e resistir a longos períodos de seca a tornou ótima opção de forragem para os animais no Nordeste, onde é conhecida como palma forrageira ou palmatória.. Como todas as espécies de cactos, a figueira-da-índia é muito resistente à seca, armazenando a água de que precisa para sobreviver nas grossas palmas no período das chuvas. Existem vários tipos de figueira-da-índia, com frutos cuja coloração varia do verde-amarelado ao laranja, e até ao roxo. Rico em vitaminas (principalmente C e A), cálcio e magnésio, o figo-da-índia é muito valorizado na medicina natural, sendo recomendado na prevenção de asma, tosse, vermes, problemas na próstata e dores reumáticas, entre outros.

O fruto deve ser manipulado com cuidado porque tem uns pontinhos pretos cheios de espinhos minúsculos. E que quando pegam no corpo por serem muito pequenos só saem com ajuda de uma pinça.

Abaixo o passo a passo de como saborear essa delícia que aconselho comê-la geladinha.

1. Com ajuda de uma pinça ou luva retire os pêlos usando uma escovinha ou passe os frutos pela chama do fogo (a segunda alternativa eu acho a melhor).

2. Espete com um garfo a fruta e corte as pontas. Dê um corte em cima e abra o figo.

3. Todo o interior (polpa e semente) são comestíveis. Uma dica é comê-la gelada.

Anúncios